Desmascarando três mitos de ajuste cultural ao se mudar para o exterior

Neste artigo vamos desmascarar os três principais mitos de ajuste cultural dos expatriados ao se mudar para o exterior. Confira!

Last Updated on março 1, 2024 by Seiva Carvalho

Sonha em morar em outro país, mas tem dúvidas de como pode ser o processo de adaptação para sua nova vida social? Neste artigo vamos desmascarar três mitos populares que muitos expatriados têm ao se mudar para o exterior.

Para isso, conversamos com a psicóloga intercultural e preparadora de expatriados, Deborah Dahab, como objetivo de te ajudar e se adaptar a uma nova cultura. Ir além desses mitos ajudará você a ser verdadeiramente bem-sucedido em sua nova vida. Continue lendo para descobrir quais são esses mitos e tenha dicas de como minimizar o choque cultural!

Desmascarando três mitos de ajuste cultural ao se mudar para o exterior

O que são mitos de ajuste cultural?

Ter crenças é algo muito normal para nós, humanos. É normal pensar de uma determinada maneira até se deparar com fatos que nos fazem ter outro ponto de vista. E isso acontece com frequência quando estamos planejando uma vida no exterior.

Às vezes, os expatriados podem acabar acreditando em mitos de ajuste cultural como resultado de desinformação e mal-entendidos. Mas estamos aqui para tentar te ajudar ao máximo com a sua mudança. Vamos te preparar para que você possa viver a vida dos seus sonhos sem grandes dificuldades!

Mito #1 – Eu já viajei ou me mudei para o exterior antes. A adaptação será fácil.

A verdade é que você realmente não fez esse movimento antes porque não é a mesma pessoa. Estamos em constante mudança todos os dias. Mesmo que nunca nos movamos fisicamente, ainda vamos mudar porque todos envelhecemos.

E desde suas experiências anteriores, muito provavelmente, muita coisa mudou. Pode ter sido sua conta bancária, sua situação conjugal ou questões de trabalho. Talvez você fosse solteiro na época, mas agora está casado agora, ou vice-versa. Talvez você tivesse filhos pequenos na última vez que saiu do Brasil e agora você se tornou um viajante solitário. Afinal, todos nós vivemos de fases.

Você sempre estará aprendendo coisas novas com suas experiências. E não apenas com os erros, mas também com as realizações. E isso é ótimo! Ao examinar suas ações passadas, você pode entender melhor suas prioridades, necessidades e desejos atuais.

Portanto, para desmistificar este mito de ajuste cultural ao se mudar para o exterior, pergunte-se:

  1. O que correu bem da última vez que fui para outro país que gostaria de voltar a fazer?
  2. O que eu quero fazer de diferente desta vez?

Leve tudo em conta, suas experiências passadas, suas necessidades agora e o que você pode precisar no futuro. Lembre-se, seja realista.

Se você era um estudante naquela época, como é esse movimento agora que você é pai ou tem um emprego corporativo? Se você não vai trabalhar, como suas necessidades serão diferentes?

Aprenda com o seu passado, mas não se feche com ele. Ser preconceituoso ou tendencioso com as expectativas de como esse movimento vai acontecer não ajudará você de forma alguma. A chave para o seu sucesso é equilibrar a experiência com a disposição.

Mito #2: Com essa mudança para o exterior, estou deixando tudo para trás.

Vou ter ficha limpa em um novo país! Estou deixando todo mundo para trás e tudo que me causou dor, é um pensamento muito comum entre os imigrantes que resolvem deixar seu país de origem. Mas já vou avisando que isso não é uma verdade e que pensar assim pode ser muito prejudicial para sua saúde mental.

As pessoas podem nem perceber que essa é a sua mentalidade quando decidem se mudar para o exterior. Para muitos, são pensamentos inconscientes. É tentador querer acreditar que esse movimento resolverá seus problemas com pessoas e situações difíceis. Mas, sinto lhe dizer que não o fará.

Vamos Mudar Para Europa?

Com a Viv Europe seus planos para Europa se tornarão realidade.

Articles CTA

Acreditar nesse mito é um problema dentro de si mesmo.

Em primeiro lugar, a maioria dos nossos problemas de vida vem de dentro, não de circunstâncias externas. As causas de nossos problemas não são necessariamente o que aconteceu conosco, mas sim como reagimos às pessoas e aos eventos. Nossa tarefa é sobre como lidamos com os desafios e se os abordamos de maneira positiva ou negativa.

Em segundo lugar, para tornar sua mudança para o exterior realmente bem-sucedida e tranquila, é importante se concentrar no que você quer realizar, não no que você está tentando evitar. Onde colocamos nosso foco geralmente determina o que acontece em nossas vidas.

Se o seu foco é: “Eu não quero ter esses problemas. Não quero viver a vida assim.” Bem, muito provavelmente, você trará essas coisas indesejadas para sua nova realidade.

Você pode mudar essa mentalidade dizendo: “Quero realizar coisas novas nesta cultura. Quero uma nova realidade.”

Um exemplo prático de mudança de mentalidade são as pessoas que fogem da violência urbana ou de países instáveis. Se eles se mudarem com a mentalidade de evitar a violência a todo custo, provavelmente se concentrarão mais em suas inseguranças. Não importa o quão seguro seja seu novo ambiente.

Eles precisam ressignificar seu pensamento para o que querem, como: “Quero viver uma vida mais tranquila e segura”. É assim que eles vão atrair experiências novas e positivas.

Mito #3: A logística dessa mudança demanda toda a minha atenção.

Sim, preparar a papelada e encontrar um apartamento e uma escola para seus filhos são aspectos realmente importantes de sua mudança para o exterior. No entanto, igualmente crucial é a preparação emocional de todos. Isso inclui sua família e amigos.

Se você não se preparar emocionalmente para essa mudança, é provável que mesmo com todos os detalhes organizados, ainda assim não se adapte com sucesso ao novo estilo de vida.

Você precisa saber por que você está se movendo. Você precisa saber quais são seus motivos para essa mudança para o exterior e o que você quer alcançar. Isso pode exigir um pouco de busca da alma, porque suas razões na superfície podem não corresponder aos seus motivos mais profundos.

A busca da alma vale o esforço, e você pode fazer isso iniciando um diário ou criando gravações de áudio, ou talvez você goste de pintar ou desenhar. Encontrar uma atividade para se expressar concretamente irá ajudá-lo a descobrir seus pensamentos e sentimentos sobre seu movimento.

A logística dessa mudança demanda toda a minha atenção

Para este exercício, pense não apenas sobre por que você está se movendo, mas para o que você está se movendo:

  1. O que esse movimento vai realizar?
  2. Como a mudança beneficiará minha vida financeira e social, com minha família, minha saúde e minha carreira?
  3. Quais são os benefícios de se mudar?
  4. O que eu vou abrir mão com essa mudança para o exterior?

É importante ter consciência do que você está deixando para trás para que você esteja mais preparado para lidar com a solidão ou ansiedade enquanto se adapta à sua nova vida. Essa preparação emocional dará o tom da sua transição cultural.

  • Deixe a logística para a Viv Europe! Agende uma consulta para saber como tornar a sua mudança mais fácil e sem complicações.

Você está pronto para desmistificar mais mitos de ajuste cultural?

Você não precisa se preparar para sua mudança para o exterior sem ajuda. Vamos trabalhar juntos e criar um plano de preparação logística e emocional para que você não sofra com o ajuste cultural.

Não queremos dizer que sua mudança para o exterior será como uma lua de mel, com apenas momentos felizes. Mas ter ao lado as pessoas certas pode fazer com que seu processo de adaptação seja muito mais suave e tranquilo. Todos nós experimentamos um choque cultural, mas você não precisa estar sozinho!

Quando estiver pronto para passar para a próxima fase de seu planejamento agende uma consulta com a Viv Europe. Nossa equipe de especialistas em imigração estão prontos para te ajudar a realizar uma mudança para o exterior tranquila.

Interessado em mais informações sobre como é a vida em Portugal ou Espanha? Junte-se ao nosso Grupo do Facebook – Tudo Sobre Portugal Para Expatriados. Faça perguntas, leia histórias e anote suas preocupações. Te vejo depois!


Este artigo faz parte da nossa série com Deborah Dahab – uma profissional certificada em PNL e colega expatriada que ajuda seus clientes a passar da melhor forma possível pelo choque cultural que vem com a mudança.

Contacte-nos

A Viv Europe pode ajudá-lo a pôr em prática os seus planos de mudança para Portugal. Nossa equipe de especialistas sabe o que é preciso para lidar com toda a papelada para tornar sua mudança o mais tranquila possível.

Leia mais
Viver em Valência: como é morar nesta cidade da Espanha?

Viver em Valência: como é morar nesta cidade da Espanha?

Descubra como é viver em Valência, na Espanha! Obtenha um detalhamento completo de tudo, desde o custo de vida até os cuidados de saúde.
Cidadania por Investimento em Portugal

Cidadania por Investimento em Portugal: Guia para 2024

Ansioso para explorar os caminhos que podem te tornar um cidadão europeu? Saiba mais sobre a cidadania por investimento em Portugal!
Viver em Barcelona: Tudo o que os expatriados precisam saber

Viver em Barcelona: Tudo o que os expatriados precisam saber

Descubra como é viver em Barcelona como um expatriado! Aprenda sobre a cultura, culinária e comunidade nesta movimentada cidade espanhola.
Comidas portuguesas famosas que você tem que experimentar

Comidas portuguesas famosas que você tem que experimentar

A culinária de Portugal encanta com todo seu sabor e frescor. Confira algumas das comidas portuguesas que você precisa experimentar.
Viver em Madrid: como é morar na cidade para um expatriado

Viver em Madrid: como é morar na capital espanhola

Pensando em morar em Madri? Conheça a capital da Espanha através dos olhos de um expatriado. Saiba tudo sobre estilo de vida e cultura da ...
Vivendo no Exterior: Uma Entrevista com Damon Johnson

Vivendo no Exterior: Uma Entrevista com Damon Johnson

Quer saber como é a vida de um expatriado vivendo no exterior? Confira esta entrevista com Damon Johnson – um imigrante em Portugal.
Melhores cidades para morar na Espanha para expatriados

Melhores cidades para morar na Espanha para expatriados

Descubra as melhores cidades para morar na Espanha! Da vibrante Barcelona à histórica Sevilha, encontre o lugar perfeito para seu estilo de vida.
Pesquisando sua mudança para o exterior? Comece Aqui!

Pesquisando sua mudança para o exterior? Comece Aqui!

Mudar de país pode ser um processo confuso. Confira este artigo para saber como começar a pesquisar sua mudança para o exterior!
As 15 cidades mais baratas para viver na Espanha em 2024

As 15 cidades mais baratas para viver na Espanha em 2024

Conheça as 15 cidades mais baratas para se viver na Espanha e comece a organizar o planejamento financeiro da sua mudança para a Europa!

Looking For exclusive Relocation Tips?

Sign up for our Newsletter to receive the latest updates, visa tips, and more!